“O som mágico da sucata” – Revista Real (Londres)

por Bete Kiskissian.

A Real conversou com dois artistas brasileiros que fazem parte do seleto elenco de “Stomp”, em Londres. Se você ainda não assistiu ao espetáculo, não sabe o que está perdendo.

(…)

Sonho realizado

Outro artista brasileiro que faz parte do elenco do Stomp e, assim como Hugo, também iniciou a sua carreira devido à paixão pela música, artes cênicas e corporais, é o paulista Pedro Consorte, 24 anos. “Comecei a trabalhar profissionalmente focando minha atenção na percussão brasileira, tocando instrumentos como pandeiro, tamborim, caxixi e cajon em saraus, eventos e casas de samba. Em paralelo fui desenvolvendo as minhas habilidades com a percussão corporal, até que decidi me dedicar mais a este universo, também de uma forma profissional,” conta.

Para se desenvolver na carreira, Pedro optou por uma vida acadêmica intensa. “Cursei Access to Music na Canterbury Christ Church University e Comunicação das Artes do Corpo na PUC-SP e, ao longo destes anos, desenvolvi e ministrei workshops e pesquisas, abordando temas como percussão corporal e a relação entre som, corpo e movimento.”

O esforço e a dedicação do artista renderam frutos e foram a base para sustentar a sua trajetória na tentativa de integrar o elenco do Stomp. Pedro explica que para fazer parte do grupo, todos os aspirantes precisam participar das audições. E foi assim que ele conseguiu entrar para a companhia. “Vim a Londres apenas para fazer o teste e depois voltei ao Brasil. Dois meses depois, eles me ligaram. Eu costumava ver o VHS do Stomp todo dia quando era pequeno e poder fazer parte deste show é, primeiro de tudo, um sonho alcançado. Fora isso, é uma experiência muito desafiadora e de um enriquecimento enorme. Eu amadureci muito, pessoalmente e tecnicamente, pois o show do Stomp é um espetáculo que estimula o artista em muitas direções ao mesmo tempo (música, dança, teatro, malabarismo, etc).”

Além de fazer parte do Stomp, Pedro também desenvolve trabalhos paralelos, como a London Body Music Jam, encontro mensal onde qualquer um pode

estar feliz com o andamento da sua carreira, pensa ainda em estudar mais para aprofundar os seus conhecimentos em dança, teatro e música. Contudo, esses são planos futuros, pois para ele fazer parte do Stomp por si só já tem ampliado bastante seus conhecimentos e desenvolvido seu potencial profissional.

“O Stomp é um espetáculo que me fez perceber as minhas habilidades híbridas e acordou o meu interesse para muitas direções diferentes. Poder fazer parte deste grupo de artistas tão talentosos é um estímulo muito importante para mim como profissional. Cada pessoa tem uma habilidade única e inspiradora. Com 24 anos eu já me sinto muito bem sucedido e acho que o grande segredo para tudo o que eu já conquistei foi tentar

Para o paulista Pedro Consorte, fazer parte do show é um sonho realizado participar, mesmo se não for músico. “Conforme fui desenvolvendo a minha carreira, grupos diferentes de pessoas sempre me procuraram para prestar orientação e ministrar oficinas, cursos, treinamentos e outras atividades. A oficina Corpo Sonoro foi um desses trabalhos que desenvolvi ao longo da minha trajetória. A ideia era desenvolver nos participantes uma sensibilidade musical de escuta. Tivemos mais ou menos oito edições no Brasil, antes de eu vir para Londres, e elas fizeram bastante sucesso por lá. Aqui em Londres, a minha atividade que mais se aproxima deste conceito é a London Body Music Jam, mas também tenho dado muitos workshops para grupos fechados,” conta.

Ávido e irrequieto para desenvolver cada vez mais o seu potencial artístico, Pedro afirma que apesar de sempre ser generoso comigo mesmo e estar aberto a viver novas experiências, sem pressão ou ansiedade de ter que extrair um resultado concreto e aplicável de cada uma delas”, finaliza Pedro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s