“A humanização é produtiva”

humanizac3a7c3a3o-1500x600

Como assim “A humanização é produtiva”? A primeira vez que disse essa frase em voz alta, quase me senti culpado. Naturalmente, é possível ver a tensão que existe entre a palavra “humanização” e a palavra “produtiva”? Pra mim, essa tensão existir ou não depende do que entendemos por “produtividade”.

Mas, então, o que é produtividade?

É muito comum a gente pensar que ser produtivo tem a ver com ser eficiente, ir direto ao assunto e ignorar outras questões “menos importantes”, como: o que as pessoas estão sentindo durante a experiência, se elas vêem sentido nas tarefas que foram designadas a realizar, se elas gostam do que estão fazendo, se são reconhecidas pelo trabalho que fazem, se concordam com o propósito do processo, se elas têm algum poder de escolha, se podem contribuir de alguma forma…

Essas questões “menos importantes” estão na base do fluxo de qualquer processo que envolva humanos e ignorá-las é dar um tiro no pé, porque, logicamente, se as pessoas não estão bem, elas não terão qualidade de presença e de participação em nenhum processo.

Produtividade Humanizada?

Quanto mais os processos estiverem preparados para acolher e lidar com as características, direitos e necessidades básicas humanas, melhor as pessoas envolvidas vão se sentir e, consequentemente, mais satisfação, mais energia, mais entrega e mais dedicação elas oferecerão ao processo.

Como transformar teoria em prática? Como aplicar? Pra mim, o primeiro passo é definir o propósito. Qual é o objetivo, antes de investir nesse processo? O segundo passo é investigar o conceito fundamental que proporciona a base das estratégias concretas de aplicação. Esses dois passos podem começar a ser desenvolvidos com a seguinte pergunta:

O que há de comum entre todos nós?

No planeta terra, hoje em dia, existem 7, 12 bilhões de pessoas. Pensa nessa diversidade! Será que existe alguma coisa comum a todos nós? No mínimo, todo mundo faz parte da mesma espécie animal! E, se investigarmos um pouco mais, dá pra encontrar exatamente o que vai ajudar a gente a desenvolver as estratégias de aplicação.

Na Teoria Geral dos Sistemas, diz-se que “todas as coisas tendem a permanecer“. Isso, no caso dos seres vivos, pode ser convertido para: “todos os seres vivos estão em constante busca pela sobrevivência“. E, no caso dos seres humanos, seria: “todos queremos sobreviver e todas as ações que tomamos surgem, de alguma forma, da vontade nos sentirmos bem“.

Na Comunicação-Não-Violenta, fala-se sobre as Necessidades Humanas Universais. Por exemplo: subsistência, proteção, autonomia, descanso, interdependência, entendimento, compaixão, sentido, diversão.

Se juntarmos as duas ideias:

  • Os seres humanos buscam sobreviver e querem se sentir bem
  • Os seres humanos se sentem bem quando têm as necessidade básicas atendidas

A primeira pode ser vista como o objetivo (se sentir bem, e a segunda como o meio através do qual atingimos o objetivo (atendendo as necessidades básicas humanas).

Humanização é o ato de humanizar.

Humanizar é o ato de criar condições (regras, procedimentos, acordos, rituais, hábitos) que permitam que um processo, além de não violentar a natureza humana, passe a priorizar, antes de qualquer coisa, as necessidades humanas mais básicas, os aspectos mais humanos do ser humano.

Produtividade Sustentável?

Quanto mais humanizado for o processo, melhor as pessoas vão se sentir, mais energia e fluxo vai rolar e, consequentemente, mais produtividade. Esse não é qualquer tipo de produtividade. É uma produtividade sustentável porque, se as pessoas não se sentem bem, em alguma hora, o processo vai quebrar. Já, quando elas se sentem bem, o processo ganha mais tônus, mais saúde, mais longevidade.

+Humanização =

+ Bem estar =

+ Fluxo =

+ Produtividade e Sustentabilidade

Se quiser receber os próximos textos, se inscreve aqui no link abaixo.

É só cadastrar seu email, clicando aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s